Create ad!
Access personal area List of Properties

Date: 18/9/2019
Frequence: Daily
Editions: Free

News Search

Search

23 April 2019

Assim vai o mercado turístico e imobiliário. Chegou o momento da “prova dos nove”.

Jorge Garcia, Especialista em Imobiliário

Realizou-se a XXI edição dos “Óscares do Imobiliário”, iniciativa da revista “Magazine Imobiliário”. O destaque deste ano foi o novo “campus” da “Nova School of Business and Economics”, em Carcavelos. Evento que ao celebrar a qualidade do nosso produto imobiliário, a capacidade técnica e o empreendedorismo dos seus protagonistas, é uma oportunidade anual de medir a “temperatura” ao sector da promoção imobiliária. Parafraseando o último editorial do Joaquim Pereira de Almeida eis chegado o momento da “prova dos nove”.

O mercado imobiliário nacional, em particular o residencial, depois de uma escalada generalizada de subida de preços nos últimos anos, começa a dar sinais de estabilização e reajustamento. Depois de uma profunda crise económica, financeira e imobiliária, uma crescente procura estrangeira atraída pela excelente relação custo-benefício comparativa e pela afirmação de Portugal como destino turístico de excelência, por escassez de oferta qualificada no mercado conduziu a um aumento dos preços de venda e arrendamento. No residencial, vivemos tempos de ajustamento entre “asking price” e preço real de venda.

Alimentadas por um clima generalizado de euforia, as expectativas altas do lado da oferta começam lentamente a refrear, em função do aumento do tempo médio de venda dos imóveis usados. Do lado da procura, numa lógica de usufruto - investimento, o potencial das zonas de localização e da rentabilidade do imóvel, são factores que passaram a determinar as escolhas. E quanto aos player´s da consultoria e mediação imobiliária?
Criatividade de comunicação, flexibilidade dos sistemas organizacionais, inovação tecnológica, integração e retenção de talento são os desafios que se colocam. A dinâmica do imobiliário irá manter-se nos próximos anos e a competitividade entre os operadores irá aumentar. O novo caminho não será feito por empresas com, elevada rotação de consultores imobiliários, equipas de consultores com pouca ou nenhuma experiência deixados à sua sorte e intuição comercial, ausência de liderança e cultura corporativa.

O caminho será feito por empresas altamente profissionalizadas que implementem sistemas organizacionais que privilegiem programas de qualidade, ferramentas tecnológicas que aprimorem a sua relação com os clientes, a motivação e formação profissional dos seus consultores. No mercado global da consultoria e mediação imobiliária ainda liderado por empresas norte-americanas, os ventos da mudança sopram com grande intensidade em todas as direcções. Gigantes tecnológicos como a Google e a Amazon posicionam-se para ocupar um espaço no mercado imobiliário e financeiro. O Zillow, um dos maiores portais imobiliários mundiais anunciou a sua entrada no segmento do crédito imobiliário e o início da actividade de compra e revenda de imóveis oferecendo com este serviço “all in one”, rápida transacção a quem vende, facilidade processual e crédito a quem compra. As grandes consultoras e redes de franquia imobiliária sediadas nos EUA, a maioria delas presentes em Portugal, têm procurado reposicionar-se apostando em novas ofertas tecnológicas através de aquisições e parcerias.
Se as consultoras internacionais têm uma maior agilidade e uniformidade na implementação da inovação nos diferentes mercados locais, as redes de franquia imobiliária obedecendo também a critérios locais irão percorrer a diferentes ritmos esse mesmo caminho.

O desenvolvimento tecnológico no mercado imobiliário é hoje uma realidade. Os suportes tecnológicos irão ter uma crescente importância nas profissões imobiliárias. Melhorar a experiência dos clientes, aumentar a produtividade e rentabilidade dos operadores é um resultado expectável. Mas só uma forte aposta na formação profissional e nas relações (H-H) com os seus clientes´, poderá criar valor. Com a especialização naquilo que as máquinas não podem fazer, consultores e agentes imobiliários, poderão superar os sistemas puramente tecnológicos que se anunciam. Chegou o momento da “prova dos nove”.

Source: Jorge Garcia, Especialista em Imobiliário

Comment

Submit

The comments are always subject to previous approval. Comments that are offensive, defamatory, slanderous, discriminatory, and inadequate to the text that is being commented on, will not be placed online.