Create ad!
Access personal area List of Properties

Date: 16/9/2019
Frequence: Daily
Editions: Free

News Search

Search

24 March 2015

Saiba que sair a horas do trabalho vai torná-lo um melhor gestor do ramo imobiliário!

Sérgio Pereira, Cofundador e Diretor-Geral do ComparaJá.pt

Quem tem a responsabilidade de gerir uma empresa, sabe bem que o dia de trabalho nem sempre (para não dizer quase nunca) tem horas definidas. Não interessa se é um gestor, coordenador, chefe de equipa, gerente ou administrador, caso se pretenda que a empresa tenha sucesso, a ideia geral é que se deve trabalhar até mais não! Mas por vezes este não é o caminho, antes de mais isto tem um nome técnico: 'WORKAHOLIC', que numa tradução literal seria algo como 'trabalhador compulsivo', ou 'viciado em trabalho'. E embora possa parecer algo positivo, este tipo de atitude em nada é benéfico, nem para a saúde pessoal, e muitas vezes nem para a saúde empresa.

É difícil nestes momentos, em que estamos lentamente a sair de uma crise que afetou em muito o setor imobiliário, não querer aproveitar ao máximo todas as oportunidades que forem surgindo! Ter um excelente sistema CRM (especializado para o imobiliário) vai ajudá-lo a gerir a empresa e os colaboradores de uma forma mais eficaz, tornando-o mais competitivo no mercado imobiliário.

As longas e árduas horas de trabalho, assim como muita dedicação sempre foram a ideia do caminho para o sucesso de uma empresa. Mas nem sempre é aconselhável 'abusar' desta receita, podendo o efeito ser contrário ao que estará à espera! Se a sua empresa não estiver de fato a lutar com enormes dificuldades financeiras, deve adotar outras estratégias, como otimizar a sua gestão do tempo! (já falámos sobre isso neste artigo)

Deixamos aqui 4 boas razões para que, enquanto responsável, saia a horas do escritório!

 1- Não definir um horário pode arruinar a sua produtividade:

Por vezes quando temos a sensação de que 'podemos fazer mais tarde', acabamos por ficar com a ilusão de que dispomos de mais tempo do que na verdade temos! Se nos iludirmos com esta ideia (errada) de que 'temos tempo', acabamos por aliviar um pouco a pressão (necessária e importante) que um limite temporal nos impõe. Entramos em processo de procrastinação! Não significa isto que batendo o relógio nas 18h se largue tudo e que só se pegue novamente no trabalho no dia seguinte! Não é isso que se pretende, mas ter um horário vai fazer com que tenhamos uma baliza temporal das nossas tarefas, obrigando-nos a atribuir prioridades a essas mesmas tarefas.

2- Ter um horário (mais ou menos definido) obriga-o a ser disciplinado:

Sair a horas e conseguir ter o trabalho ( mais importante ) organizado e finalizado, obriga a que sejamos (ou nos tornemos) pessoas mais disciplinadas. Esta disciplina terá um papel importante, na sua produção de trabalho, mas também na maneira como conduz e pode exigir aos seus colaboradores esse mesmo tipo de disciplina. Ao ser disciplinado vai conseguir gerir melhor o seu tempo, trabalhar aquilo que de facto é importante ser trabalhado, e dar-lhe-á uma sensação de realização. Para não falar no tempo que efetivamente ganha para si e para a sua família.

3- Ter tempo para si e para a sua família vai-se refletir positivamente no seu trabalho:

São vários os estudos que comprovam que a atividade física é benéfica, não apenas para a saúde física, mas também para a saúde mental! É importante que possamos ter tempo para desligar da correria do dia a dia! Se para alguns o escape é uma hora de ginásio, para outros pode ser passar tempo com os filhos, uma aula de dança, ou simplesmente poder dispensar um bom par de horas a ver um filme ou as suas séries favoritas têm o mesmo efeito! O importante é conseguir eliminar o stress relacionado com a atividade profissional, de forma a que enquanto está a trabalhar possa dedicar-se a 110% ao que faz melhor!

4- E finalmente ter um horário (mais ou menos definido) vai torná-lo um melhor gestor, chefe de equipa, coordenador de vendas (e melhor pessoa)!

Ao estar constantemente a trabalhar, as pessoas que trabalham consigo vão sentir-se pressionadas para fazer o mesmo! E Não, Não é isto que se pretende, o que se pretende é pessoas que trabalhem de forma organizada, eficaz e que não estejam no local de trabalho apenas porque sim (muitas vezes não produzindo nem 5% do que seria expectável para esse profissional). Como já referimos anteriormente, sair a horas implica organização. Não se pode exigir que as tarefas associadas aos colaboradores estejam sempre executadas, se o gestor (que muitas vezes tem tarefas de decisão que vão influenciar a execução da tarefas dos seus colaboradores) não tiver a disciplina e capacidade de ele mesmo deixar as tarefas importantes, aquelas que influenciam o trabalho dos outros, finalizadas!

Saia a horas do trabalho, mas não se esqueça que para o fazer tem de ser disciplinado, organizado e saber definir o que é ou não importante para o seu dia/semana.

Comment

Submit

The comments are always subject to previous approval. Comments that are offensive, defamatory, slanderous, discriminatory, and inadequate to the text that is being commented on, will not be placed online.