Créer une annonce!
Entrez espace personnel liste de biens

Date: 16/9/2019
Date: Tous les jours
Accueil: Gratuit

Rechercher Actualités

Rechercher

30 juillet 2019

Hospital Central do Alentejo vai avançar

hospital

O Governo autorizou despesa até 150 milhões de euros para a construção do novo hospital central do Alentejo. O futuro hospital vai servir cerca de 700 mil pessoas e poderá ter 487 camas, ficando localizado em Évora.

O último Conselho de Ministros aprovou a realização de despesa até cerca de 150 milhões de euros para a celebração do contrato de empreitada para a construção do novo Hospital Central do Alentejo. A decisão autoriza “a ARS do Alentejo a assumir a realização da despesa no montante máximo de cerca de 150 milhões de euros”, a qual será repartida “por quatro anos”, até 2023.

O futuro hospital irá substituir o actual Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) e vai “funcionar como hospital central para toda a região do Alentejo”.

Segundo anunciou a ministra, a futura unidade hospitalar vai dar resposta às necessidades de toda a população do Alentejo, com uma área de influência de primeira linha que abrange cerca de 200 mil pessoas e, numa segunda linha, mais de 500 mil pessoas.

O novo hospital, que irá ocupar uma área de 1,9 hectares, terá uma lotação de 351 camas em quartos individuais, que, em caso de necessidade, pode ser aumentada até 487 camas. O hospital contará com 11 blocos operatórios, três dos quais para actividade convencional, seis para actividade de ambulatório e dois para actividade de urgência, cinco postos de pré-operatório e 43 postos de recobro.

Commentaire

Soubmettre

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.