Criar Anúncio!
Entrar na Área Pessoal Lista de imóveis

Data: 24/4/2019
Frequência: Diária
Edições: Gratuitas

Pesquisar Notícias

Pesquisar

25 agosto 2015

Portugal é dos países europeus com mais investimento imobiliário

investimento imobiliario

Apesar deste aumento, o relatório divulgado hoje pela Worx Real Estate Consultants através do seu contrato de first provider com o BNP Paribas Real Estate, revela que se espera que até ao final do ano o volume estabilize não se prevendo que se atinja o recorde registado em 2007 (mais de 90 mil milhões de euros).

Milão (+374%) foi a cidade com o maior aumento de investimento, seguida de Berlim (+127%) e Munique (+57%) com volumes de investimento muito superiores a igual período de 2014. A capital portuguesa nos primeiros 6 meses deste ano apresentou um volume de 522 milhões de euros, um acréscimo de 50% face ao total do ano de 2014.

Paris foi a única cidade a apresentar uma evolução negativa (-35%) justificada por um período extraordinário de investimento entre Abril e Junho de 2014. Ainda assim as yields continuam a registar a tendência de descida encontrando-se agora nos 4% (CBD Paris) um valor 0.25% mais baixo que em 2014.

O relatório avança ainda que os investidores continuam a preferir activos core em localizações prime mas assiste-se a um crescimento no investimento em projectos de promoção e remodelação. Perto de 40% do volume global de investimento deve-se a investidores americanos e europeus.
Em Portugal este volume é bastante superior, em especial no que diz respeito a investidores americanos que representam 64%. O investimento de origem nacional corresponde a apenas 5% do volume total.

Yields continuam em queda

À semelhança do que se vem a registar desde o final de 2013, assiste-se a uma contínua queda das prime yields nos vários sectores.
Destaque para as yields de escritórios e retalho que se encontram no valor mais baixo de sempre.

“O cenário macroeconómico europeu é favorável para a continuação de um ciclo positivo no imobiliário. Portugal deverá continuar a acompanhar essa tendência, e do ponto de vista do investimento, continuará a beneficiar da confiança dos Investidores Institucionais no sector“, esclarece Ricardo Quaresma do departamento de Capital Markets da Worx.

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.