Venda ou alugue a sua casa!
Área Pessoal Lista de imóveis Social

Pesquisar Notícias

Pesquisar

15 maio 2018

Canadianos às compras na Avenida da Liberdade. Pagam 15,2 milhões de euros por prédio que foi do GES

avenidas novas

Lisboa continua a brilhar nas transações imobiliárias. E os compradores vêm dos “quatro cantos” do mundo. Desta vez, vinda do Canadá, a BMO Real Estate Partners comprou um edifício na Avenida da Liberdade, através de um fundo criado recentemente, por mais de 15 milhões de euros. Este já é o terceiro imóvel adquirido pelo seu recente fundo Best Value Europe II, cujo objetivo é chegar a uma carteira acima dos mil milhões de dólares.

O Edifício Liberdade 108 adquirido pelo fundo Best Value Europe II está situado numa das principais artérias da capital. Com uma área de 2.104 m2 e composta por seis pisos de escritórios e uma unidade comercial ocupada atualmente pela marca Michael Kors, o edifício está totalmente renovado e foi comprado por um total de 15,2 milhões de euros. A CBRE foi responsável pela assessoria na compra.

O edifício tinha sido adquirido no final de 2012 pelo Grupo Espírito Santo (GES), acabando por passar um ano a ser totalmente reabilitado e arrendado. Em janeiro de 2014 foi colocado à venda, e captou o interesse de 20 gestoras oriundas da Alemanha, Suíça, Brasil e Portugal. As propostas finais foram fechadas no final desse ano, acabando o prédio por ser vendido à alemã GLL Real Estate Partners GMBH por cerca de dez milhões de euros, através da imobiliária Cushman & Wakefield (C&W).

O novo proprietário do imóvel — o fundo Best Value Europe II –, é gerido pela BMO Real Estate Partners, responsável por uma parte do negócio de gestão de ativos do grupo canadiano BMO Financial Group. As duas primeiras aquisições foram realizadas em Verona e Madrid, por um total de cerca de 39 milhões de euros.

O objetivo é superar, a médio prazo, a fasquia dos mil milhões de euros em ativos. Seguindo as pisadas do seu fundo antecessor (Best Value Europe I), que está mais de 90% investido num total de 12 ativos que somam mais de 700 milhões de euros, o Best Value Europe II vai focar-se essencialmente em oportunidades de investimento seletas e de elevada qualidade, localizadas nas principais zonas de comércio das grandes cidades europeias.

Fonte: Eco.pt

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.