Venda ou alugue a sua casa!
Área Pessoal Lista de imóveis Social

Pesquisar Notícias

Pesquisar

04 outubro 2018

Mediação Imobiliária: 76% dos franceses vão primeiro à internet ...

mediacao

A maioria dos franceses (54%) é de opinião que os os mediadores imobiliários não oferecem serviços digitais suficientes e capazes. A revelação é dada pelo Le Figaro Immobilier com base numa sondagem realizada pela OpinionWay para a empresa de avaliação MeilleurAgents. Exigem mais informação e monitoramento de desempenho.

A sondagem demonstra ainda que, em França, uma parte significativa dos profissionais de mediação imobiliária (? mais precisamente) ainda está relutante em fazer a opção pelo digital.

Mais de três quartos (76%) dos entrevistados da amostra da sondagem da OpinionWay dizem que o primeiro passo que dão é procurar informações sobre preços na Internet. Questionados sobre quais os serviços digitais que mais gostariam ver disponibilizados, 81% dos franceses optam por painéis de informação para acompanhar as visitas, o acompanhamento para vender e comprar no momento certo (78%) ou dados sobre a dinâmica do desempenho do anúncio. As visitas virtuais à habitação, por exemplo, só chegam em quinto lugar (73%).

Serviço “à la carte”
A sondagem revela ainda que 62% dos indivíduos da amostra vendem a sua casa através de uma agência de mediação, mas apenas 53% têm uma boa imagem do serviço prestado. Ao ponto de mais de um terço dos inquiridos ter decidido vender o seu apartamento directamente. A razão: economizar nas percentagens cobradas pela agência, respondem 57% dos entrevistados.

Um dado revelador da sondagem encomendada pela empresa de avaliação Meilleursagents é a constatação de que a mediação imobiliária tem que lidar com indivíduos cada vez mais bem informados. 75% dos entrevistados confessaram que não dizem ao seu mediador imobiliário que, previamente, fizeram uma aprofundada pesquisa online. E que isso é também “uma maneira de testar os conhecimentos técnicos” do seu interlocutor.

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.