Criar Anúncio!
Entrar na Área Pessoal Lista de imóveis

Data: 19/6/2019
Frequência: Diária
Edições: Gratuitas

Pesquisar Notícias

Pesquisar

26 novembro 2018

MK Premium já tem sete imóveis em Portugal: comprou dois edifícios em Alfama por 2,2 milhões

Lisboa

O fundo imobiliário catalão MK Premium, que entrou em Portugal no início do ano – tem escritório em Lisboa e no Porto –, anunciou a compra dois edifícios na capital, no bairro de Alfama, junto à Sé de Lisboa, por 2,2 milhões de euros. É o sétimo negócio da empresa espanhola em território nacional.

Os imóveis em causa estão localizados na Rua Pátio do Carrasco, revelou a empresa em comunicado, adiantando que os mesmos têm ao todo quase 1.000 metros quadrados (m2).

O edifício maior está situado entre o número 16 e 21 da Rua Pátio do Carrasco e tem seis casas e um espaço comercial, tendo uma área total de 551 m2 mais 114 m2 de terreno. Foi adquirido por 1,5 milhões de euros.

Já o edifício mais pequeno, situado entre o número 5 e 7 da mesma rua, tem 250 m2 (mais 50 m2 de terreno) e quatro casas – entre 38 e 80 m2 –, tendo sido comprado por 750.000 euros.

“A MK Premium acaba de entrar no casco antigo de Lisboa, com a aquisição de dois edifícios históricos no emblemático bairro de Alfama, berço do fado”, refere a empresa, em comunicado.

Para Daniel Leiva, sócio-fundador da MK Premium, estas duas propriedades “contíguas são um exemplo claro de uma construção típica de Lisboa no casco antigo da capital”. Trata-se de “uma grande grande oportunidade de negócio”, frisou, enaltecendo o facto da empresa poder ajudar a “dar resposta ao problema da habitação” na capital, nomeadamente “à falta de stock imobiliário”.

Com esta transação, a MK Premium passa a ter em carteira sete edifícios residenciais em Portugal (quatro em Lisboa). Até final do ano a empresa espera anunciar mais um negócio no Porto.

Fonte: Idealista News

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.