Criar Anúncio!
Entrar na Área Pessoal Lista de imóveis

Data: 21/9/2019
Frequência: Diária
Edições: Gratuitas

Pesquisar Notícias

Pesquisar

18 abril 2017

O evento “Óscares do Imobiliário” premeia a excelência, mas também mostra que “vale a pena apostar e arriscar no nosso País”

oscares


Um dos mais aguardados eventos do setor imobiliário em Portugal, os designados “Óscares do Imobiliário” voltaram esta semana a distinguir a qualidade e a excelência da promoção imobiliária em Portugal. Em entrevista ao CASASAPO, Joaquim Pereira de Almeida, diretor da revista Magazine Imobiliário, refere que este concurso, além de premiar, tem também como missão estimular e motivar outros promotores «a acreditar que vale a pena apostar e arriscar no nosso País». 

CASASAPO (CS) - A revista Magazine Imobiliário voltou a distinguir os melhores projetos imobiliários do país, nas suas diversas categorias, em mais uma edição dos "Óscares" do Imobiliário. Um evento que é o culminar de um ano de muito trabalho, de muita pesquisa... É também uma ocasião muito aguardada pelos profissionais do setor? 

Joaquim Almeida (JA) - Desde que assumimos, por nossa conta, risco e dedicação, a revista Magazine Imobiliário que voltámos a editar os conhecidos “Óscares” do Imobiliário. Recordo que estes prémios já existem desde 1996, embora tenham sido interrompidos aquando do desaparecimento no mercado da revista que os organizava. A nossa pequena mas muito persistente equipa acreditou que valia a pena voltar a apostar nestes prémios, sobretudo para mostrar que o setor imobiliário, mau grado as tempestades que atravessou, estava mais vivo e vibrante que nunca. A prova de que este é um evento muito aguardado pelos profissionais do setor é o facto de recebemos, ano após ano, um número cada vez maior de empreendimentos candidatos que primam pela elevada qualidade dos seus projetos. 

Mas é preciso dizer que organizar um evento desta dimensão dá muito trabalho, exige muita pesquisa e auscultar muitas opiniões durante diversos meses. Felizmente não estamos sós nesta tarefa, contamos com entidades e empresas de prestígio que nos apoiam e com um júri de prestígio de uma isenção inabalável.  

Por tudo isto, o “Prémio Nacional do Imobiliário” tornou-se numa festa muito aguardada pelos profissionais do Imobiliário, quer sejam promotores, arquitetos, consultoras, mediadoras, todos querem saber o que de melhor se está a fazer em Portugal e a cerimónia dos “Óscares” é isso mesmo: a Festa dos Profissionais do Imobiliário em Portugal. 

CS - Além de premiar e distinguir a qualidade, o esforço e a inovação na promoção imobiliária, considera que este evento servirá também de estímulo ao investimento, sobretudo pela via da divulgação e do conhecimento do que de melhor se vai fazendo no país? 

JA - Sem dúvida. O “Prémio Nacional do Imobiliário”, nas suas diversas categorias, não só premeia e divulga os excelentes projetos imobiliários, construídos ou reabilitados em Portugal, como acaba por lhes dar igualmente visibilidade e notoriedade que, muitas vezes, extravasa as nossas fronteiras. 

Mostrando projetos originais e diferenciadores, motiva outros promotores, nacionais ou estrangeiros, a acreditar que vale a pena apostar e arriscar no nosso País. Não foi por acaso que a edição do “Prémio Nacional do Imobiliário” deste ano contou com a presença dos maiores promotores imobiliários que estão a fazer obra no nosso País. Não foi por acaso que
contámos com a presença do presidente da Aguirre Newman, Stephen Newman. 

Estiveram também presentes investidores de várias nacionalidades que tinham empreendimentos entre os 21 finalistas, só para dar o exemplo. Neste setor todos os players, nós incluídos, sabem que Portugal está nos radares dos investidores nacionais e internacionais, que a promoção pura está de regresso, que o mercado está a saber inovar e a procurar novos nichos de negócios. A nossa cerimónia é talvez o melhor veículo para promover, como disse, o que de melhor se vai fazendo no País, mas é também o meio ideal para atrair outros a fazerem mais e melhor pelo nosso imobiliário. 

CS - No que respeita aos projetos que este ano estiveram a concurso. Que
apreciação faz? 

JA - Não poderia estar mais satisfeito com os Finalistas e Vencedores da edição de 2017. Para ter uma noção da excelência dos projetos a concurso este ano, posso dizer que houve obras que foram verdadeiros desafios de engenharia, houve obras em que os arquitetos demonstraram ser visionários, houve obras em que os promotores foram muito além do que seria esperado.  

Numa apreciação global, esta foi talvez a edição mais completa de sempre do Prémio Nacional do Imobiliário. A questão que se coloca agora é superar esta elevada fasquia em 2018. 

CS - O CASASAPO e a revista Magazine Imobiliário renovaram este ano a sua
parceria estratégica. Que importância lhe atribui? 

JA - Devo confessar que ficámos lisonjeados com a “preferência” do CASASAPO pela nossa revista, pelo que considero que se trata de uma parceria muito importante e estratégica para ambas as partes.
O “alojamento” de um banner da nossa revista em 10 diferentes ramos de pesquisa e busca do poderoso instrumento informático que é o CASASAPO vai permitir divulgar e promover a Magazine Imobiliário e colocar os seus diferentes conteúdos à distância de um simples clique.

Fonte: CASASAPO

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.