Criar Anúncio!
Entrar na Área Pessoal Lista de imóveis

Data: 3/4/2020
Frequência: Diária
Edições: Gratuitas

Pesquisar Notícias

Pesquisar

24 janeiro 2020

Porto Editora compra loja no Chiado por 7,2 milhões de euros

Imprimir
Lisboa

Cristiano Ronaldo não foi o único a bater recordes no imobiliário nacional em 2019. Em outubro do ano passado foi fechado mais um negócio milionário. O grupo Porto Editora comprou uma loja na zona do Chiado, em Lisboa, por 7,2 mil milhões de euros.

O imóvel tem 400 metros quadrados e terá sido a maior transação de sempre de uma loja de rua em Portugal. Cada metro quadrado foi vendido por 18 mil euros. A informação foi confirmada ao Dinheiro Vivo pela consultora imobiliária Decisões e Soluções, que mediou a transação.

“No sentido do crescimento continuado da rede na área imobiliária em faturação e em número de agências, a operação que se traduziu na venda de um espaço comercial de uma reconhecida marca na zona nobre do Chiado em Lisboa, ascendeu aos 7.200.000€ e teve como mediadora a agência da DS OEIRAS, situada na mesma Vila da linha do Estoril. De realçar o facto de o negócio ter tido a participação de capital 100% nacional, com vendedor e comprador de nacionalidade portuguesa”, destaca a consultora.

Contactada pelo Dinheiro Vivo, fonte oficial do grupo Porto Editora confirmou o negócio. A empresa não quis adiantar, no entanto, qual o uso que prevê dar ao imóvel.

Ao DV, Guida Sousa, Diretora Coordenadora Nacional da Decisões e Soluções, destaca que o negócio foi “relativamente rápido” e que terá sido “o maior negócio de sempre de uma loja”. A venda marcou aquele que foi também o melhor ano da história da consultora, que além da loja do Chiado fechou ainda a venda de um armazém por 3,2 milhões de euros e de um prédio em Lisboa por 15 milhões.

A Porto Editora é liderada por Vasco Teixeira e controla, desde 2010, a Livraria Bertrand, que tem no Chiado aquela que é conhecida como a mais antiga livraria do mundo.

No ano passado a Vanguard vendeu o apartamento mais caro do país, também por 7,2 milhões de euros, no edifício Castilho 203, no centro de Lisboa. Nas últimas semanas soube-se que o proprietário é Cristiano Ronaldo.

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.